Arquivo por Autor

Vamos lá?

Anúncios

É muito TRI!

Gurizada da serra empreendendo em novas formas de promoções online (…)

Os Caxienses Samuel Oss e Samuel Jardim, iniciaram um novo empreendimento: Um site de compra coletiva com foco na serra gaúcha, seu link é TriOfertas.com.br

Atitudes como essa só ressaltam como a serra vem se tornando um celeiro de TI e Publicidade online.

Por @MaxCalhao


Rainha Elizabeth cria conta no Facebook

A Rainha Elizabeth entrou para o Facebook, colocando a família real britânica em mais uma rede social depois de participações no Twitter, no Flickr e no YouTube.

Mas é claro que com algumas restrições! O perfil da monarquia britânica no Facebook (here) não permite que usuários se tornem “amigos” da rainha ou enviem mensagens, mas oferece atualizações sobre notícias reais e eventos diários.

Até às 12h da última segunda-feira (8 de novembro), no horário local, poucas horas depois de a página ter entrado no ar, 60 mil pessoas tinham “curtido” a entrada da rainha no Facebook, o que significa que elas receberão atualizações sobre as atividades da família real.

O perfil não oferece detalhes como o status de relacionamento da rainha, interesses e visões políticas, o que outros usuários possuem. A família real britânica se orgulha de se manter atualizada quanto a novas tecnologias.

Em 2008, a rainha publicou um vídeo no YouTube durante uma visita ao escritório do Google em Londres. Em 2009, foi lançada a conta da monarquia britânica na rede de microblogging Twitter. Neste ano, foi a vez da criação de uma página real no Flickr, que permite o compartilhamento de fotos.

O Facebook foi lançado em 2004 e agora tem mais de meio bilhão de usuários ativos em todo o mundo.

Fonte: Reuters/IG – Reportagem de Georgina Prodhan

 


No Dia Internacional da Animação, veja quais estão para estrear

Em 28 de outubro de 1892, em Paris, Émile Reynaud fez a primeira exibição pública de uma animação no mundo. Desde 2002 a data é considerada o Dia Internacional da Animação. Para celebrar a data, o Terra selecionou alguns dos próximos filmes do gênero que estão para estrear nos cinemas. Veja na galeria. * As datas de estreia são previsões e podem ser alteradas pela distribuidora.

12/08/11 Os Smurfs: Depois de um feitiço do mago Gargamel, os pequenos seres azuis vão parar em Nova York e irão contar com a ajuda de um humano

29/10/10 Garfield 3D – Um super-herói animal: O preguiçoso gato tem que confrontar Garzooka, um herói dos quadrinhos

12/11/10 O mundo encantado de Gigi: Uma menina vai parar no mundo da fantasia e acredita que um pinguim irá salvá-la

26/11/10 O mágico: Um artista em decadência precisa se apresentar em bares obscuros e conhece uma fã que pode mudar sua vida

03/12/10 Megamente: Depois da morte de um super-herói, um malvado vilão precisa encontrar um inimigo à sua altura, mas não consegue

07/10/11 Deu a louca na Chapeuzinho 2: Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Mau precisam descobrir o paradeiro de João e Maria, que sumiram

25/11/11 Happy Feet 2: O pinguim dançarino volta em nova aventura, desta vez em 3D

09/12/11 Puss in Boots: O Gato de Botas dos filmes do Shrek ganha sua própria produção em 3D

24/06/11 Carros 2: Relâmpago McQueen e Mate participam de uma competição de velocidade e correm o mundo todo

 

Fonte: Terra Cinema


Após fracassos, Google vai voltar às redes sociais

O grande desafio do Google para os próximos meses é se tornar mais eficiente na busca de recursos e ferramentas para a construção de redes sociais.

Como as pessoas passam mais tempo em redes sociais como o Facebook, onde grande parte dos dados compartilhados está fora dos limites dos motores de busca, o Google enfrenta o risco de perder a disputa pelo tempo dos usuários da web, bem como detalhes de suas vidas e, mais recentemente, publicidade. “O Google fez um monte de dinheiro ajudando as pessoas a tomar decisões utilizando motores de busca, porém mais e mais pessoas estão se voltando para as redes sociais para a mesma tarefa”, diz Charlene Li, fundadora da Altimeter Group, consultoria de pesquisa em tecnologia. “E quando as pessoas tomam decisões, há dinheiro envolvido.”

O gigante de buscas tentou criar componentes sociais, como o Buzz, serviço que oferece a usuários do Gmail a possibilidade de compartilhar atualizações de status, fotos e vídeos. Mas os esforços não se tornaram populares. A despeito disso, a companhia prepara nova empreitada, como adiantou Eric Schmidt, executivo-chefe do Google.

Embora os detalhes permaneçam obscuros, Schmidt e outros funcionários já esboçaram as grandes linhas do plano em entrevistas. Algumas das ferramentas, por exemplo, devem adicionar funcionalidade aos produtos existentes, como busca, e-mail, fotos, vídeos, mapas e anúncios. A empresa pretende “manter os principais produtos do Google e adicionar um componente social, para torná-los ainda melhores”, disse Schmidt.

Apesar dos esforços, algumas pessoas se perguntam se o Google entende o suficiente de conexões sociais para criar ferramentas que os usuários da internet queiram utilizar. “A cultura do Google é muito baseada no poder do algoritmo, e é muito difícil a um algoritmo fazer interação social”, dizem essas pessoas. A introdução do Buzz em fevereiro, por exemplo, causou uma onda de críticas de defensores da privacidade e de usuários, porque incluía automaticamente os contatos dos cadastrados do Gmail na rede. O gigante, então, alterou rapidamente o serviço e passou a sugerir amigos ao invés de conectá-los automaticamente. Antes do lançamento público do Buzz, ele fora testado apenas pelos funcionários da companhia.

“Há uma crença no Google de que seu DNA não é perfeitamente adequado para construir produtos sociais, que é um tema bastante controverso internamente”, revelou um ex-colaborador que atou com produtos sociais no Google e que só falou sob a condição de anonimato. “A parte social é mentalmente estranha aos engenheiros. Todos os pequenos detalhes são sutis e muitas vezes não são atendidos, especialmente por técnicos que cresceram numa empresa muito utilitária.”

O Google possui a rede social Orkut, que nunca decolou nos Estados Unidos, embora seja popular no Brasil e na Índia. Há também perfis no Google nos quais as pessoas conectadas ao LinkedIn e Twitter, por exemplo, podem ter perfis publicados por amigos em resultados de busca. Apenas uma pequena porcentagem de usuários do Google criaram esses perfis.

A popularização do Facebook é uma clara ameaça. Os sites do Google, incluindo o motor de busca e o YouTube, têm mais visitantes únicos que o Facebook. Mas em agosto, pela primeira vez, as pessoas gastaram mais tempo no Facebook do que em sites do Google, de acordo com a Score, empresa de análise da Web. Algumas pessoas estão começando a recorrer a seus amigos no Facebook para buscar informações que antes encontravam no Google, como recomendações sobre o melhor sushi ou babá.

Por meio de uma nova parceria com a Microsoft, um investidor do Facebook, os conteúdos favoritos de amigos de cadastrados na rede podem aparecer nos resultados de pesquisas do Bing, o motor de busca da Microsoft. O Facebook aumentou as vendas de anúncios com publicidade com imagem, que o Google imagina ser seu próximo grande negócio.

O Google montou uma equipe de engenheiros para trabalhar em redes sociais, liderados por dois executivos que estavam no Buzz – Vic Gundotra, vice-presidente de engenharia responsável por aplicativos móveis, e Bradley Horowitz, vice-presidente de gerencimento de aplicativos do Google Apps. “O Google, como parte de nossa missão de organizar a informação do mundo, também precisa se organizar e fazer algo muito útil para que você veja as interações com seus amigos”, disse Gundotra.

A empresa também vai montar um quebra-cabeça de empresas de redes sociais, tecnologias e engenheiros. Comprou a Slide e a Jambool, que faz aplicações, produtos virtuais e moedas para redes sociais, e a Angstro, que construiu ferramentas para troca de informações entre serviços sociais. Este ano, comprou a Aadvark, em que usuários podem postar perguntas que são respondidas por indivíduos, e investiu na empresa de jogos Zynga.

Mas o novo projeto não vai incluir jogos, apesar de informações anteriores, disse uma fonte que trabalhou nos produtos. “O Google é um lugar muito sério”, disse Schmidt. “É difícil ver onde poderíamos acabar se virarmos um fonte importante de jogos e entretenimento. É muito provável que forneçamos infraestrutura para esse tipo de coisas.” O que quer que o Google faça, seus funcionários disseram, não será uma reprodução do Facebook. “Acho que há um cansaço de redes sociais”, disse Horowitz.

Fonte: Revista Veja /The New York Times

Por Josi Berti


Wallpaper homenagem à Nação Zumbi

A Cidade

Nação Zumbi

Composição: Chico Science

O sol nasce e ilumina as pedras evoluídas
Que cresceram com a força de pedreiros suicidas
Cavaleiros circulam vigiando as pessoas
Não importa se são ruins, nem importa se são boas
E a cidade se apresenta centro das ambições
Para mendigos ou ricos e outras armações
Coletivos, automóveis, motos e metrôs
Trabalhadores, patrões, policiais, camelôs

A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce
A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce

A cidade se encontra prostituída
Por aqueles que a usaram em busca de saída
Ilusora de pessoas de outros lugares
A cidade e sua fama vai além dos mares
No meio da esperteza internacional
A cidade até que não está tão mal
E a situação sempre mais ou menos
Sempre uns com mais e outros com menos

A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce
A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce

Eu vou fazer uma embolada, um samba, um maracatu
Tudo bem envenenado, bom pra mim e bom pra tu
Pra a gente sair da lama e enfrentar os urubu

Eu vou fazer uma embolada, um samba, um maracatu
Tudo bem envenenado, bom pra mim e bom pra tu
Pra a gente sair da lama e enfrentar os urubu

Num dia de sol Recife acordou
Com a mesma fedentina do dia anterior

A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce
A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce

Por @MaxCalhao

 


Vacas

Fonte: @tonificante

Curte + aqui